Lançamento da Coleção Grandes Pensadores Brasileiros

29/09/2012

Anotem na agenda: dia 9/10, uma terça-feira, às 20h, no foyer do Teatro Casa Grande, vai ser lançado vídeo e livro sobe Celso Furtado com um debate sobre “Desenvolvimentismo e neodesenvolvimentismo”. Os palestrantes são o economista Ricardo Bielschowsky, da UFRJ, a cientista política Vera Cepêda, da UFSCar, e o coordenador do MST João Pedro Stédile.

Coordenando os trabalhos, o ex-senador Saturnino Braga, presidente do Instituto Casa Grande, e Rosa Freire D’Aguiar, diretora do Centro Internacional Celso Furtado de Políticas para o Desenvolvimento.

Esse vídeo com livreto foi organizado pela Escola Nacional Florestan Fernandes – em parceria com a TVE-Paraná e a Fundação Darcy Ribeiro, com apoio do Ministério da Cultura. De um total de mais de 40, os seis primeiros já lançados são sobre Celso Furtado, Darcy Ribeiro, Florestan Fernandes, Caio Prado Jr., Madre Cristina e Paulo Freire. Educativos, procuram apresentar a vida e da obra dos grandes pensadores brasileiros.

Debatedores:

Ricardo Bielschowsky é professor do Instituto de Economia da UFRJ e ex-diretor no Brasil da Cepal (Comissão Econômica para a América Latina) e autor, entre outros, de “Pensamento econômico brasileiro: o ciclo ideológico do desenvolvimentismo” (Contraponto, 1995).

Vera Cepêda é professora do Departamento de Ciências Sociais da Universidade Federal de São Carlos/UFSCar, na graduação e no programa de pós-graduação em Ciência Política. Possui trabalhos e desenvolve pesquisas no campo do pensamento político e social brasileiro, especialmente ligados às teorias do subdesenvolvimento, nacional-desenvolvimentismo e as metamorfoses do processo de modernização ocorrido no Brasil durante o século XX, com ênfase no binômio desenvolvimento-democracia. É editora da revista Teoria & Pesquisa.

João Pedro Stédile é pós-graduado em Economia pela Universidade Nacional Autônoma do México (Unam) e membro da direção nacional do MST, do qual é um dos fundadores.

Esse evento é mais um fruto do encontro do Instituto Casa Grande (ICG) com a Escola Nacional Florestan Fernandes e divulgação pelo jornal Algo a Dizer.

Parceria:

No ano passado essa parceria realizou um ciclo de debates com Emir Sader, João Pedro Stédile, Samuel Pinheiro Guimarães, Aleida Guevara, Aloísio Teixeira, Wladimir Pomar, Saturnino Braga e Muniz Sodré. E uma mesa que discutiu a obra e o legado de Nelson Werneck Sodré com Marcelo Barbosa, Marly Vianna, Carlos Nelson Coutinho e José Paulo Neto. Esses debates saíram em livro: “Território livre da democracia – os novos debates do Teatro Casa Grande” (ed. Jardim Objeto, 138p.).

Deparmento de Divulgação

“Território Livre da Democracia” terá lançamento em Niterói

26/09/2012

convite lançamento livro douglas

Depois do lançamento oficial do livro “Território Livre da Democracia: Os Novos Debates do Teatro Casa Grande” no Rio de Janeiro, a Cidade Sorriso será a primeira cidade do Estado do Rio a fazer seu próprio lançamento.

Além do lançamento, que será realizado no dia 1º de outubro, a partir das 18 horas, na EDUFF (Rua Miguel de Frias, 9 – Icaraí), que é a livraria e editora da Universidade Federal Fluminense (UFF), haverá um debate sobre a importância do livro, como um dos últimos registros do ex-reitor da UFRJ, Alísio Teixeira e do professor Carlos Nelson Coutinho, falecidos recentemente.

O debate contará com a presença do presidente do Instituto Casa Grande, Saturnino Braga, do organizador do livro, Marcelo Barbosa e do professor e membro da Academia Fluminense de Letras, Waldeck Carneiro.

Essa é uma iniciativa do Jornal de Cultura e Política Algo A Dizer, do Instituto Casa Grande, com o apoio da Escola Nacional Florestan Fernandes.

Departamento de Divulgação