Projetos

UNIVERSIDADE LIVRE E ABERTA CASA GRANDE

ICG Instituto Casa Grande

Uma instituição independente e herdeira das tradições dos debates político-culturais realizados pelo Teatro Casa Grande nos tempos da ditadura e depois.

O Centro Cultural Casa Grande  será administrado pelo Instituto Casa Grande (ICG), criado em 2005 como uma organização sem fins lucrativos, com direção coletiva, transparência e visibilidade.

O acesso de diferentes formas de conhecimento se constitui hoje em condição fundamental para o desenvolvimento de todas as sociedades e a superação de seus principais problemas contemporâneos, entre eles a ampliação desmedida e progressiva das desigualdades sociais, da intolerância, da violência e da desvalorização do espaço público, como lugar de intervenção autônoma dos agentes sociais.

As transformações econômicas que marcaram o último quarto de século, mediante as contínuas inovações tecnológicas, multiplicaram de modo inimaginável as possibilidades de acesso à informação e ao conhecimento, tornando-os elementos estratégicos no campo do poder.

No entanto, a adoção de políticas econômicas de orientação neoliberal veio a agravar as condições de vida dos segmentos sociais tradicionalmente discriminados e empobrecidos e fragilizar os chamados “países em desenvolvimento” frente às forças transnacionais do mercado financeiro.

De modo paradoxal, temos atualmente possibilidades inéditas de difusão do conhecimento e de ampliação do debate político na sociedade, elementos fundamentais para o pleno exercício de cidadania. Contudo, a perpetuação do empobrecimento contínuo de expressivos segmentos da sociedade brasileira, somados aos inúmeros mecanismos de discriminação ainda presentes entre nós, vem enormemente dificultando a apropriação e interpretação da informação, configurando uma sensação generalizada de incompreensão da realidade e apatia política.

Conforme afirma a Unesco em diversas resoluções e informes oficiais, as políticas econômicas adotadas no curso dos anos oitenta e noventa em quase todo o mundo têm precarizado os sistemas de ensino.  As ações em sentido inverso que visem materializar o acesso à informação e ao conhecimento, apesar do papel primordial do Estado, também podem ser realizadas por instituições da sociedade civil, que colaborariam para o desenvolvimento e redução das desigualdades sociais em países como os da América Latina.

Assim, a criação de instituições com as características específicas das chamadas universidades abertas se constituem em espaços de crescente importância, visto ser seu objetivo primeiro difundir o conhecimento aos mais diversos segmentos sociais e das mais variadas e flexíveis formas, sem a preocupação da formação profissional, nem tendo fins lucrativos.

Portanto o presente projeto se insere num esforço maior, caro à tradição do Teatro Casa Grande, de formar cidadãos e debater as grandes questões nacionais.

  1. Incorporando elementos próprios às práticas extensionistas desenvolvidas pelas instituições universitárias tradicionais, o projeto Universidade Livre e Aberta Casa Grande tem por objetivos maiores:
  1. Contribuir, através da produção e difusão das mais variadas formas de conhecimento, para a compreensão da realidade brasileira, em seus mais diferentes aspectos sociais e culturais.
  1. Contribuir, como espaço de debate público, para o entendimento das principais questões que afetam o estado do Rio de Janeiro, sejam estas econômicas, políticas, culturais ou ambientais.
  1. Atuar, inclusive em colaboração com outras instituições governamentais e não-governamentais, para o fim das desigualdades sociais, mediante ações no campo das artes e cultura em geral, visando possibilitar a intervenção dos segmentos objetos de discriminação social e econômica.
  1. Contribuir para a formação de cidadãos, em especial dos jovens objeto de processos de discriminação social, visando sua inserção na sociedade de forma autônoma e crítica.

A Universidade Livre e Aberta Casa Grande terá dois tipos de quadros institucionais:

  • O corpo acadêmico constituído por profissionais das mais diferentes áreas, com experiências em seus diversos campos de trabalho, congregados a partir dos principais norteadores de todas as ações da Universidade Livre e Aberta.
  • O corpo técnico-administrativo composto pelos funcionários administrativos e de apoio, responsáveis pelo suporte técnico e administrativo das atividades desenvolvidas.
  • O corpo acadêmico atuará sob a forma de contratos de prestação de serviços e a contratação do corpo técnico-administrativo será regido pela legislação trabalhista em vigor.

A Universidade Livre e Aberta Casa Grande é composta por diferentes órgãos, cuja implantação se dará modularmente, atendendo a necessidades conjunturais, em conformidade aos recursos disponíveis.

A estrutura de gestão da Universidade Livre e Aberta é constituída pelos seguintes órgãos:

  • Conselho Consultivo
  • Comitê Executivo
  • Conselho Fiscal

O Conselho Consultivo tem por função primeira estabelecer as diretrizes institucionais da Universidade Livre e Aberta. Será formado por intelectuais e figuras representativas da sociedade brasileira, entre os quais mencionamos: Oscar Niemeyer, Saturnino Braga, Maurício Azedo, Aristélio Andrade, David Chargel, Sérgio Fonta, Tim Rescala, Carlos Alberto Wanderley, Kadu Machado, Marcelo Barbosa, Zuenir Ventura, Martinho da Vila, Edino Krieger, Ziraldo, Milton Coelho da Graça, Moysés Ajhaenblat, Aderbal Freire-Filho, Edwin Luisi, Maria Alice Saboya, Maria Luiza Franco Busse, Eunice Gutman, Rosimar de Mello, Sérgio Santeiro, Ana Terra, Helio Saboya, Virgínia Fontes.

O Comitê Executivo tem por função primeira gerir as atividades da Universidade Livre e Aberta. Seus integrantes são eleitos pelo Conselho Consultivo.

O Conselho Fiscal é responsável pela fiscalização do uso dos recursos e demais receitas da Universidade Livre e Aberta. Seus integrantes são eleitos pelo Conselho Consultivo.

As atividades pertinentes aos Conselhos Consultivo e Fiscal não serão remuneradas.

A estrutura acadêmica da Universidade Livre e Aberta é constituída pelos seguintes órgãos:

  • Departamentos
  • Laboratórios
  • Fórum Transdisciplinar Brasil Século XXI
  • Núcleo de Editoração
  • Núcleo de Educação à Distância.

Os Departamentos são órgãos constituídos segundo a área de conhecimento pertinente e que serão responsáveis pelo desenvolvimento de atividades como cursos e oficinas.

Laboratórios são órgãos de caráter interdisciplinar e se constituirão em espaços integrados visando o desenvolvimento de atividades de pesquisa. A criação dos laboratórios será feita paulatinamente, atendendo ao desenvolvimento das atividades e dos recursos disponíveis.

O Fórum Transdisciplinar Brasil Século XXI é o grande espaço de debate da Universidade Livre e Aberta, priorizando os temas considerados de maior relevância para a sociedade brasileira e para o estado do Rio de Janeiro, além de questões relevantes no campo das artes e da cultura em geral.

O Núcleo de editoração será o órgão responsável pela produção editorial da Universidade e sua distribuição.

O Núcleo de Educação à Distância será o órgão responsável pelo portal eletrônico da Universidade. Sua implantação será feita gradativamente, na proporção dos recursos disponíveis.

Em retribuição ao apoio recebido do Estado, a Universidade Livre e Aberta apresenta como contrapartida o oferecimento de atividades como, entre outras: cursos nas áreas artísticas, culturais e desportivas; formação de grupos teatrais e musicais, cursos de formação de lideranças, de saúde coletiva, de educação ambiental, etc.

Tais atividades serão objeto de convênios, sem qualquer tipo de ônus para as entidades participantes. Atenção imediata e maior será dada ao estabelecimento de:

  • Convênios com associações de moradores, em especial aquelas vizinhas ao Casa Grande, como a Cruzada São Sebastião, Vidigal, Rocinha, e outras;
  • Convênios com as escolas públicas existentes no entorno do Casa Grande;
  • Convênios com sindicatos de trabalhadores;
  • Convênios com as secretarias de Educação, Cultura e Trabalho do estado do Rio de Janeiro.

  • Convênios com entidades representativas dos estudantes da educação básica e universitária do Rio de Janeiro.
  • Os recursos necessários à implementação da Universidade Livre e Aberta serão obtidos mediante:
  • Taxas relativas aos cursos, oficinas e outras atividades desenvolvidas
  • Contribuição de particulares

  • Convênios com instituições públicas das áreas federal, estadual e municipal, responsáveis por programas de qualificação e incentivo à cultura e educação.

One Response to Projetos

  1. Pedro Longhi disse:

    Prezados amigos

    Li todos os objetivos e metas do Instituto Casa Grande no que se refere a Universidade Livre e Aberta e gostaria de propor uma idéia : sou o executivo que administra o projeto Fronteiras do Pensamento, atualmente com uma programação intensa de palestras com importantes pensadores internacionais e nacionais em Salvador e Porto alegre. Vejam no http://www.fronteirasdopensamento.com.br nossa atuação junto a um público que busca conhecimento e cultura, talvez possamos juntos buscar um projeto comum. Atenciosamente, Pedro Longhi;

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: